segunda-feira, 10 de outubro de 2011

O Poder das Pirâmides

  
As pirâmides são um tipo de construção que foram utilizadas em muitos lugares da Terra. Se trata de uma figura geométrica perfeita e estética. As pirâmides sempre foram cercadas de misterios, um deles só foi descoberto por volta de 1930 quando um radiestesista francês, chamado Antoine Bovis, visitanto a pirâmide de Quéops, no Egito notou que restos de pequenos animais que morriam no interior das pirâmides e que eram depositados em recipientes, apesar de mortos há varios dias não apresentavam nenhum sinal de decomposição e alguns encontravam-se em estado mumificado (desidratado).
 
CONTINUE LENDO A MATÉRIA CLICANDO EM "Mais informações" LOGO ABAIXO 

De volta à França, Bovis começou a contrução de uma maquete da pirâmide de Quéops para realizar alguns testes. Com 75cm de altura, orientando-a no sentido norte-sul do campo magnético terrestre e, a um terço da sua altura, colocou o cadáver de um gato, que se mumificou, tal como acontecia na pirâmide do Egito. Após fazer várias experiências deu-se por convencido que a pirâmide atuava de tal maneira a deter o processo de putrefação e provocar uma acelerada desidratação dos corpos orgânicos colocados em seu interior. Os cientistas da época, no geral, encararam as descobertas como inutilidades, mas alguns ficaram interessados, e, assim como outros não-cientistas, prosseguiram nas pesquisas, principalmente nos Estados Unidos.

Diversos resultados começaram a ser obtidos com experiencias com as pirâmides. Em 1935, John Hall, de Chicago, fazendo experiências com a pirâmide, empregando um anel de cobre e dois fios demonstrou que saía uma espécie de carga elétrica do vértice da pirâmide, assim comprovando a experiência de Williams Siemens que, encontrando-se no alto da pirâmide de Quéops, sofreu uma descarga elétrica ao beber de uma garrafa envolta em jornal úmido.

Karel Drbal, engenheiro de radio-comunicação, de origem tcheca, construiu a sua réplica de pirâmide e, fazendo várias experiências, de 1949 até 1954, constatou que a as réplicas da pirâmide de Quéops têm a capacidade de manter lâminas de barba afiadas por muito mais tempo do que o normal. Giletes que tinham uma vida útil de “sete barbas”, afiadas pela pirâmide chegam a cortar “40 barbas”.
Segundo Drbal esse efeito se deve basicamente a dois fatores: (1) uma desidratação rápida, que elimina a umidade nos espaços intercristalinos do fio da lâmina e, (2) uma ação sobre a estrutura microscópica da matéria, que elimina o efeito de “fadiga do metal” causado pelo uso.

Segundo Eric McLuhan, professor de eletrônica na Universidade de Ontário, EUA, o fato de a pirâmide estar alinhada no norte-sul magnético indica que seus efeitos devem ter alguma relação com o campo magnético terrestre e que de alguma forma as ondas de energia da pirâmide são polarizadas.

 <<< Pirâmides do Sol e da Lua >>> 

Bill Schul e Ed Pettit, autores dos dois clássicos sobre pirâmides, “O poder secreto das pirâmides” e “O poder psíquico das pirâmides”, realizaram diversas experiências onde constataram que as pirâmides podem, conforme seu uso, acelerar ou retardar o desenvolvimento de plantas além de ter efeitos curiosos sobre pessoas que meditam no interior de réplicas de pirâmides, contribuindo para o desenvolvimento de faculdades paranormais. Eles elaboraram um relatório no qual diziam que o crescimento dos brotos de girassol em uma pirâmide era mais rápido que o normal - mas não em toda superfície. A área sob o vértice era a que propiciava o crescimento mais rápido. No chão, ao longo dos lados, o efeito era menor. Descobriram ainda que as sementes guardadas no interior da pirâmide germinavam ainda mais depressa.

G. Patrick Flanagan, criança prodígio e inventor, originário de Glendala, Califórnia, EUA, que aos dezessete anos já era conhecido por seu invento do neurofone, ajuda auditiva que transmite impulsos elétricos diretamente ao cérebro, afirma que a energia das pirâmides altera as propriedades dielétricas da matéria e sustenta que a energia dielétrica é uma reflexão da carga elétrica da superfície dos corpos. Constatou ele que a temperatura do interior da pirâmide é ligeiramente superior à do exterior e que o conteúdo de energia varia segundo o momento do dia, a estação, o clima, as fases da lua e a quantidade e polaridade dos íons da atmosfera que rodeia a pirâmide e que, até certo ponto, a energia mental do investigador também pode afetar o resultado.

Atualmente as pirâmides são utilizadas para vários usos como:

Meditar e relaxar: se você tem em casa uma pirâmide grande em forma de barraca, pode usá-la para meditar ou fazer relaxamento em seu interior. Disponha de alguns minutos todos os dias para sentir seus efeitos, como bem-estar, aumento de memória e diminuição de tensão emocional.

Tratamento de plantas: quanto mais tempo suas plantas ou flores sofrerem a atuação da energia das pirâmides, mais bonitas ficarão, mudando até mesmo, a coloração de suas folhagens.

Limpeza astral: para fazer a limpeza da sua aura retirando a “poeira astral” que trazemos da rua.

Harmonização de ambientes: a pirâmide atua no ambiente onde se encontra, de forma até o momento não compreendida, tornando o local arejado, com ar mais fresco, fazendo com que as pessoas ali presentes sintam-se mais confortáveis e as plantas mais saudáveis e viçosas.
A cada dia são descobertas novas funcionalidades para a pirâmide, até então insuspeitas. Por todo o mundo pesquisadores e estudiosos independentes prosseguem realizando experiências e buscando descobrir como as pirâmides funcionam e que tipo de energia as faz funcionar. Apesar das descobertas, os misterios e as duvidas sobre as pirâmides só aumenta.

FONTES:
 
Matéria do site: http://lokomello.blogspot.com

6 comentários:

  1. realmente as piramides são condutoras de energias foi exatamente para isto que elas foram construidas pelos grandes iniciados da epoca quando elas saturavam eles as usavam como mortuarios para os reis e faraos da epoca

    ResponderExcluir
  2. Realmente é muito bom este Blog. Achei pesquisando sobre réplicas de Pirâmides porque voltou a intenção de montar uma novamente. Acontece que em 1985 fiz um Curso sôbre Pirâmides e Radiestesia e 2 anos atras encheu de cupim minha Biblioteca e lá se foi muita coisa. Procuro os livros sobre pirâmides que veio a baila novamente com amigos e não os tenho mais. Sou também Blogueiro e estou tentando me tornar Seguidor aqui mas meu micro no momento não está me ajudando. Vou tentar mais vezes até conseguir. Paz Profunda. Néveo J. Bello.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...